Posts Tagged 'Gestão de Projetos'

Equipe STD Aviação da Vale-ES bate recorde na montagem do Sheikjet

No dia primeiro de Outubro estivemos na Vale do Rio Doce – Unidade Tubarão realizando a Dinâmica do Sheikjet para uma turma de gerenciamento de projetos,  a turma se organizou em três equipes com nomes de empresas fictícias:  STD Aviação, FD Corporation e a Voe Verde, e durante a primeira metade do dia desenvolveram um planejamento de como montar um aeromodelo e previsões quanto ao tempo de execução da atividade.

O tempo médio até então para a montagem deste tipo de aeromodelo estava em torno de 90min,  o que consideravamos um tempo bom. Com o término do planejamento das equipes,  começamos a receber as previsões de execução das equipes (uma das medidas que o Sheik utiliza para escolher qual a empresa com a capacidade de fabricar o melhor avião, e que automaticamente ganha um contrato para a fabricação de mais 40 aviões).

A novidade que tivemos foi  quando a Equipe STD Aviação, fez a previsão de montar o aeromodelo em 46min, um tempo excepcional, e inicialmente uma previsão pouco realista.  Mas a surpresa veio mesmo quando a mesma equipe montou em 43min25s, tempo recorde em qualquer aplicação de Sheikjet.

 

STD Aviação - Dinâmica do Sheikjet
STD Aviação – Dinâmica do Sheikjet

 

Parabéns STD Aviação pela ótima execução. Parabéns a FD Corporation e a Voe Verde pela ótima participação e colaboração entre equipe.

Um Abraço

Vitório Tomaz – vitorio@j2da.com.br

Vejam aqui mais fotos: http://picasaweb.google.com.br/j2daconsulting/DinamicaDoSheikjetNaValeES#

VII Seminário do PMI-RS terá palestra inaugural com Gregory Balestrero

Gregory Balestrero

Com o tema  “Inove para Gerenciar, Gerencie para Inovar”,  e marcado para acontecer entre os dias 21 e 24 de Setembro de 2010,  o VII Seminário do PMI-RS, conta na palestra de abertura com Gregory Balestrero, que pela primeira vez no Sul, deverá falar sobre a gestão de projetos como uma competêcencia estratégica.

Engenheiro Industrial por formação, Balestrero foi palestrante principal dos eventos internacionais do CEO como os fóruns da Economist, Business Week e Forbes. Sob a sua liderança, o quadro de membros do PMI triplicou em número, chegando hoje a 500 mil filiados em 175 países.

São esperadas cerca de 1.000 no Centro de Eventos da PUC-RS, em Porto Alegre,  e as inscrições podem serem feitas  por meio do site: www.pmirs.org.br/7seminario.

Estaremos presenter no  Seminário no dia 23 apresentando o novo filme da Rosalina sobre a Gestão Sustentável de Projetos.

Um Projeto Empreendedor – A Estréia de um Sonho

Vanda Calgaro é uma profissional experiente do setor de atendimento e saúde à 3ª idade. Sócia de uma clínica especializada em São Paulo conviveu com idosos anônimos e famosos do passado e diligentemente aprendeu a conviver com as limitações físicas, mentais e doenças de seus clientes. Próxima de minhas relações familiares, certo dia Vanda resolveu nos confidenciar uma idéia – um sonho, oriundo de sua experiência e que poderia significar o “pote de ouro na ponta de seu arcoiris”.

“Não confeccionam roupas especiais para os idosos” disse. “As limitações provocadas pela idade e por doenças ocasionam a perda gradativa de suas capacidades motoras e um simples abotoar de camisa se torna inviável. Eu gostaria de usar a minha experiência e criar uma grife especializada na confecção de roupas especiais para a 3ª idade”. E continuava enfática: “É uma obrigação oferecer aos nossos idosos uma vida digna e plena dentro de suas limitações – e a roupa que vestem é muitas vezes o único canal de interação que ainda mantém com o mundo”.

Convicta de suas idéias e disposta a buscar a concretização de seu sonho, Vanda começou a desvendar os mistérios do novo negócio. Com afinco e determinação, estudou o ambiente e o mercado da moda, estimou parâmetros, levantou e desafiou hipóteses. Enfim, mergulhou nos detalhes e planejou a direção de suas ações concretas. Era impossível falar de outro assunto com ela. Virava e mexia e Vanda retornava ao tema, contando pormenores e achados, buscando testar suas próprias conclusões. Sua convicção aumentava proporcionalmente ao empenho dedicado.

Um dia nos debruçamos sobre seu Plano de Negócios e produzimos um ‘business case’ baseado em cenários. “Se as PREMISSAS estiverem certas”, pensei, “realmente trata-se de um excelente negócio sob a perspectiva financeira”.

De posse de um relatório adequadamente produzido, Vanda foi aos bancos e tratou de convencer gerentes e analistas de investimentos. Vendeu bens pessoais, abriu mão e empenhou seu convívio familiar, buscou apoios, tropeçou em gente boa e em oportunistas. Caiu e levantou diversas vezes, mas perseverou e tocou em frente o seu projeto.

Na semana passada, Vanda inaugurou o site virtual da “Sharisma – Conforto na Terceira Idade” (www.sharisma.com.br). As lojas físicas abrem conjuntamente em São Paulo e Santos até o final do ano. A perspectiva de mercado é ótima – afinal, quem não tem um parente mais velho necessitando de carinho e cuidados especiais ?

A perspectiva de realização pessoal é maior ainda, a ponto da história de Vanda ter contagiado o jornal Folha de São Paulo de 08/Agosto último, que lhe deu espaço e foto no caderno de negócios. (http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mercado/me0908201001.htm).

Nasce um sonho – a Sharisma teve sua estréia e já está abrilhantando o céu da moda. Paris, Milão, Tóquio, Nova York que a aguarde!

E para nós, profissionais de projetos, deixo a lição de empreendedorismo de Vanda Calgaro. Estamos cuidando de nossos projetos pessoais e dos projetos de investimentos de nossas empresas com tamanho afinco, alegria e empenho ? Temos acreditado efetivamente nos projetos que gerenciamos? Na busca pelas causas de insucessos de projetos, não seria essa componente motivacional mais importante do que a adoção pura e simples de ferramentas frias de gestão ?

Deixo aqui a questão para a avaliação do nosso ouvinte e leitor.

Visite nossa página no gengibre e ouça nosso podcast (www.gengibre.com.br/cast/V1DGBBGPAD)

Alonso Soler, um profissional de projetos, para o posdcast da J2DA consulting

Promoção de Lançamento

Promoção de Lançamento

Promoção de Lançamento

Lançamento nacional dos novos filmes da Rosalina sobre Sustentabilidade

Nesta quinta-feira a Rosalina estará em Salvador no Congresso Nacional de Gerenciamento de Projetos para lançar seus dois novos filmes sobre a Gestão Sustentável de Projetos. Tratando de uma tendência no mercado atual, os filmes trazem por meio de uma abordagem prática dicas de como implantar diretrizes sustentáveis nos projetos e conseqüentemente nas empresas.

Nesta nova estória, Rosalina ilustra através de uma missão delagada pelo Dr. Agenor Rubens (dono da JJ&JSA) como pensar de maneira sustentável pode se tornar um círculo virtuoso na geração de oportunidade de negócios, capacitação de funcionários e não agressão ao meio ambiente. Um dos pontos fortes ressaltados no filme, é como a construção de diálogo entre a empresa e seus colaboradores, contribuem na construção de mudanças.

Não é apenas a imposição de mudanças por meio de uma diretoria que transforma a corporação, mas por meio do trabalho para que toda a empresa, em todos os níveis, incorpore a necessidade de mudar para si.

À convite da organização do Congresso Nacional em Gerenciamento de Projetos, Alonso Soler (idealizador na Rosalina) comentará através de sua palestra como foi conceber esta nova estória, e a pesquisa que isto resultou.

Acesse o site da Rosalina (www.rosalina.com.br) e faça download dos novos vídeos sobre sustentabilidade, ou então clique aqui. Esperamos que apreciem esta nova aventura da Rosalina.

Boa Viagem Rosalina!

Lixo é passado

Por: Sérgio Kleinfelder Rodriguez da  Sklein Consultoria

nova lei de residuos

nova lei de residuos

Após 21 anos tramitando no Congresso a Lei que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos acaba de ser sancionada. Dentre os diversos méritos da Lei, destaco o princípio de responsabilidade compartilhada como um novo marco na já bastante inovadora legislação ambiental brasileira.

Princípios são como as fundações de um edifício, sobre os quais todo o resto pode ser viabilizado. No caso do princípio da responsabilidade compartilhada, a inspiradora inovação surge exatamente de onde menos se esperava: do lixo.

Dá-nos a co-responsabilidade como cidadãos, empresários, trabalhadores, pessoa física e jurídica de atentarmos que não há, assim como nunca houve, sentido em convivermos em um mundo onde o acúmulo do desperdício pode ser facilmente quantificado pelos milhares de caminhões que diariamente carregam aquilo que processamos da natureza e transformamos em focos de poluição e degradação ambiental.

Toda a cadeia de produção e de consumo, enfim, compartilham de um novo paradigma ético onde se busca a solução na coletividade e não mais apenas na coleta e transbordos do lixo, a custos econômicos e ambientais cada vez mais insuportáveis.

Corrobora com este novo paradigma, impresso no DNA da Política Nacional de Resíduos Sólidos, a necessidade de raciocinarmos sobre nossa insustentável cegueira de que pagamos por produtos que consumimos incluídos os indesejáveis rejeitos inaproveitáveis e, confusos, lançamos no lixo a mistura de tudo aquilo que ignoramos ser re-aproveitável e, portanto, com valor econômico. Além, ignoramos também o valoroso trabalho efetuado por aqueles que separam do lixo o sustento bem-vindo de muitas famílias.

Por ignorarmos tais fatos, necessitamos diariamente dos recursos minerais já em franco processo de escassez, além de outros recursos vitais como o ar e a água necessários para nossa própria sobrevivência.

Sempre considerei os aterros e lixões como uma atividade de mineração ao contrário. A Lei dos Resíduos vem reafirmar essa minha consideração ao inovar com a idéia de logística reversa como instrumento viável para a prática do princípio da responsabilidade compartilhada.

Espero, contudo, que prefeitos responsáveis pelos resíduos municipais e empresas ligadas aos serviços de limpeza pública não reinventem a roda e deturpem essa brilhante proposta, carregada de conceitos sustentáveis, transformada em Lei, através da ganância dos lucros exorbitantes de um negócio que no passado, ainda bem recente, a sociedade acostumou-se a chamar de lixo, como uma simbiose entre aquilo que manipulavam e aquilo em que alguns se transformaram.

Rosalina viaja para Santa Catarina neste sábado

A convite da empresa TOTVS,  Alonso Soler estará em Santa Catarina neste final de semana apresentando o case Rosalina e o Piano para 200 colaboradores . A Dinâmica criada pela J2DA como uma forma de ilustrar as etapas do gerenciamento de projetos em qualquer atividade com inicio e fim programado, desde projetos de infraestrutura de proporções macros a projetos pequenos como o transporte de um piano para o décimo andar.

A condução da dinâmica é realizada com a apresentação do case Rosalina e o Piano, que pode ser baixado em: www.j2da.com.br/rosalina/ e uma discussão com base no case sobre o Gerenciamento de Projetos de forma ampla.

Aos nosso amigos Santacarinenses, esperamos que gostem da Rosalina e que tirem todas as dúvidas possiveis durane a dinâmica.

Boa Viagem Rosalina!



Contato

j2da@j2da.com.br

Siga a J2DA no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Mais Acessados

  • Nenhum
Uêba - Os Melhores Links