Teremos Copa em São Paulo?

Copa de 2014 em São Paulo

Copa de 2014 em São Paulo

O mais recente capítulo sobre a sede da Copa de 2014 em São Paulo foi a declaração do Presidente Lula sobre a sua promessa de intervenção para que São Paulo seja sede da Copa, este tem sido um episôdio bastante complicado do projeto, já que esbarra em uma série de questões e interesses.

São Paulo não pensa em não sediar, as pressões para que aconteçam jogos aqui são enormes, já que é a maior cidade do país, e o carro chefe da economia, no entanto, os maiores gargalos para que São Paulo seja sede da COPA, são as obras de infraestrutura, que até então tem tornado inviável a relização da abertura. Mesmo com a possibilidade de não sediarmos a abertura, os investimentos estatais já são os maiores em São Paulo. Veja-se a matriz de responsabilidades da Copa com a descrição do que já está sendo destinado.

No Morumbi por exemplo (estádio ideal para receber a abertura), seria necessário construir estacionamentos, trens ligando o aeroporto, sistema anti-enchente dentre tantas obras de infraestrutura que tornam o estádio inviável devido a proximidade do evento. Apesar de ser o único estádio construido capaz de atender a abertura da COPA, já que o requisito é uma arena que comporte mais de 60.000 pessoas.

Uma vez eliminado o Morumbi, surgiu a possibildade de se construir um estádio em Pirituba, um moderno complexo, capaz e sediar  a abertura, que após as obras traria o beneficio de ter um complexo esportivo na região. Mas  que tem sido questionado quanto ao acesso, assim como a questão do desmatamento, já que o bairro é o segundo com mais área verde na capital.

Outra opção que já deixou de ser opção é a Arena Conrinthiana, que segundo declaração dada ao Portal da Copa, o estádio não está sendo construido de acordo com os padrões da FIFA,  mas nos padrões COMEBOL, já que o investimento para um estádio padrão FIFA não é viável.

Com base neste cenário, onde sediar a abertura da Copa se torna a cada dia um sonho mais distante para os paulistas, surge a alternativa do Palestra Itália, que fechou uma reforma com a W/Torre que o tornará apto a receber jogos até as quartas de final, já que a capacidade está sendo ampliada para 45.000 pessoas, assim como a alternativa proposta pelo governo de abrir mão da abertura em troca do centro de imprensa, uma opção bastante atraente, uma vez que os jornalistas gastam mais e permanecem um periodo maior na cidade.

Resta ainda a reunião que acontece nesta quarta-feira entre o governador Alberto Goldman, o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, e o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, no Palácio dos Bandeirantes para levantar um possível plano C,  que segundo a Folha de São Paulo, seria a reforma do Pacaembú.

E vocês, acreditam em qual solução? Ou acham que não teremos jogos em São Paulo?

Anúncios

0 Responses to “Teremos Copa em São Paulo?”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Contato

j2da@j2da.com.br

Siga a J2DA no Twitter

Mais Acessados

  • Nenhum
Uêba - Os Melhores Links

%d blogueiros gostam disto: